Dentro da Casinha · Livros

Bravas Viajantes – Autoras: Samantha Chuva, Gabi Raposo, Danieli Haloten, Louise Palma, Gabriella Morena, Priscilla Cassioli de Moraes e Tamy Rosele Penz

Descrição:

Sete mulheres, cada uma viajando – sozinha – por um canto diferente, compartilham suas histórias. Samantha aventurou-se nas trilhas e cachoeiras da Chapada Diamantina, na Bahia, descobrindo mais sobre si e seu corpo. Gabi foi de ônibus ao ponto mais ao sul do continente americano, na Patagônia argentina, superando medos e inseguranças. Danieli, deficiente visual, embarcou para Nova York a fim de conhecer e treinar seu cãoguia. Louise ansiava por assistir a shows de rock na Alemanha, e para isso viajou de carona e dormiu em sofás de desconhecidos. Gabriella explorou a Tailândia, o Vietnã, o Laos e o Camboja, onde teve encontros memoráveis com outras mulheres. Priscilla fez um intercâmbio na Austrália, encarando trabalhos bizarros para se manter por lá. Tamy demonstrou ser uma verdadeira expedicionária ao ir do Quênia à África do Sul, passando Tanzânia, Zimbábue, Botsuana e Namíbia. E assim, no Brasil, na América do Sul, na América do Norte, na Europa, na Ásia, na Oceania e na África, essas bravas mulheres percebem a força que têm e comprovam onde é o lugar delas: no mundo.

O momento não poderia ser mais oportuno para um livro como esse. Cada vez mais se fala de empoderamento feminino, desigualdades de gênero e movimentos feministas. As mulheres, no Brasil e no mundo, estão mostrando que não há limites do que elas podem fazer e até onde elas podem ir. Viajar sozinha, por exemplo, muitas vezes é visto com preconceitos ou descabidas preocupações.

Me vi em vários dos relatos dessas mulheres corajosas que narraram suas aventuras pelo mundo. Recomendo especialmente para as mulheres que sonham em desbravar o mundo, e sem companhia à altura, relutam em viajar, por medo. Inspirador. Minha biblioteca ficou mais rica com a aquisição.

By Editora O Viajante

4 comentários em “Bravas Viajantes – Autoras: Samantha Chuva, Gabi Raposo, Danieli Haloten, Louise Palma, Gabriella Morena, Priscilla Cassioli de Moraes e Tamy Rosele Penz

    1. Olá, Paulo! Sim, fiz muitas pesquisas na Internet, li relatos de outros peregrinos, li livros. Mas como foi minha primeira peregrinação, quis fazer o caminho mais tradicional. Sobre as outras rotas, acho todas válidas. Afinal, o que importa mesmo é estar no Caminho. Penso em retornar para fazer uma outra rota, iniciando na França, ainda não decidi. Sobre a Acasargs, é uma turma muito bacana, super válido o suporte dado por eles, muito bom mesmo. Fui à Fátima depois de concluída a peregrinação e foi muito emocionante. Acho que também será para você, especialmente se devoto de Nossa Senhora (eu sou). Se precisar de alguma ajuda, no que esteja ao meu alcance, conte comigo. Um abraço peregrino!

      Curtir

Deixe uma resposta para Melina Stefanello Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s