Amigos Viajantes · Brasil · Casinha sob rodas

Morro Branco e Canoa Quebrada – Ceará- Brasil

Legenda Importante:

MM * Mãe Metida dando pitaco no texto

MM* ” Como referi no post anterior sobre a nossa Expedição Litoral Brasileiro a bordo de Frida Home, link aqui Oxente! Frida foi ao Nordeste – Brasil, vou literalmente “passar a palavra” para as meninas.

Acho bacana que elas possam exercitar a possibilidade de colocar em palavras os sentimentos e impressões que elas tiveram de uma experiência  de viagem.

E a primeira que se apresentou foi Sara. Nada surpreendente. Sara é a minha menina das palavras, que escreve textos caprichosos, leitora assídua, que curte arte e poesia.

Confiram abaixo o post da Sara. Eu achei que ficou muito bom! ( Será coisa de mãe babona?😆) Confiram aí! “

Oi, pessoal do blog! Aqui é a Sara, a filha mais velha (por alguns segundos apenas).
Agora é minha vez de dar continuidade aos posts sobre nossa Expedição ao Litoral Brasileiro a bordo de Frida, a nossa Casinha sobre rodas …
Saímos do hotel em Aquiraz/CE (o Wellness Beach Park Resort, que para mim é o melhor resort do mundo!) as 10 h 30 min, seguindo em direção ao município de Beberibe. Depois de mais ou menos uma hora de estrada chegamos na praia de Morro Branco.

Descemos da Frida, conferimos o mirante, onde há a identificação da praia, curtimos o visual, fizemos fotos e rolou uma olhada nas barraquinhas de artesanatos e roupas.

Depois descemos para a praia e escolhemos um lugar para almoçar. Escolhemos o Restaurante e Bar SJ, estilo “pé na areia”, onde comemos um peixe frito delicioso!

20181215_123305
Alimentados, caminhamos pela praia até o labirinto das famosas falésias, monumentos naturais fascinantes! Elas por si só já são lindas, mas para completar a paisagem elas ficam à beira mar! Adorei conhecer! Mas não foi fácil caminhar por lá com uma sensação térmica de 40°! Maior sol na cabeça. Ainda bem que tinha a brisa do mar para amenizar o calorão.

20181215_140505

20181216_145846

Saímos do labirinto de falésias pela parte alta da praia, onde encontramos uma loja chamada Sonhos de Helenas. A proprietária nos apresentou o que ela chama de Portal dos Sonhos, que na verdade é um mirante, com uma vista linda, enfeitado com vários filtros dos sonhos pendurados. Fizemos muitas fotos bacanas lá!

Helena nos explicou sobre esse projeto que ela participa junto com outras mulheres. Uma cooperativa que, através do turismo da cidade, pretende trazer mais estrutura financeira para as famílias carentes. Além de filtros dos sonhos feitos de cipó, a loja vende também bonitas bonecas feitas de pano. A Isa, minha irmã mais nova, ganhou uma, e chamou de Helenisa (junção de Helena, como já estava batizada a boneca, com Isa)!

Feito esse pitstop em Morro Branco, seguimos pela estrada por mais uma hora até a praia de Canoa Quebrada, onde chegamos por voltas das 16 horas. Estacionamos a Frida e fomos conhecer a praia, onde tem a famosa inscrição na parede da falésia, com a lua e as estrelas.

Na sequência caminhamos pela praia e depois fomos nos instalar no camping e pousada Via Láctea (@pousadavialactea). Trata-se de um lugar muito bonito, com uma ótima estrutura para nossa Frida!

20181216_073612(0)
Enquanto minha mãe preparava o jantar na cozinha da Frida todos tomamos nossos banhos. Jantamos e então fomos passear na Broadway, a principal rua de comércio do vilarejo, onde ficam restaurantes, lojas, sorveterias, supermercados…

Na chegada fomos parados por um morador, um “local” chamado Marcos. Ele era uma figura divertida, e fez várias fotos lindas pra gente com “efeitos especiais” em troca de uma gorjeta! Passeamos por ali, comemos sorvete e voltamos para o camping por volta das 22 horas. Dormimos no conforto do ar condicionado da Frida.

20181215_210538

No dia seguinte levantamos, tomamos café, e fomos tomar um banho de mar na praia. O que não esperávamos era que uma grande onda viesse de repente e levasse os óculos de sol com lentes de grau da minha mãe. E essa não foi a primeira vez que tal fato aconteceu com ela. O mesmo episódio já ocorreu em Aquiraz, em uma praia de Beach Park, anos atrás. Que azar…

*MM – “Na verdade fui chamada de bocó pela escritora deste post.”

Retornamos ao camping e tomamos mais um banho de piscina. No almoço, o Lu assou um belo churrasco!
Nos acompanha nesta viagem o sr. Willy Ronca, que na verdade é um boneco vivo (vivo porque seu “cabelo” está em constante crescimento) feito de sementes de Alpiste! Eu sei, que ideia maluca… O nome dele foi uma homenagem que o Lu fez ao avô dele (Willy). O boneco foi batizado nas águas das cavernas de Terra Ronca, Goiás. Aí veio o nome: Willy Ronca!
Ah é, quase esqueci…Também preciso falar das mil e uma cabeçadas que o Lu deu no ferro de sustentação do toldo da Frida. Desculpa Lu, mas foi muito engraçado! Eu sei, isso deve doer…

Encerro aqui a minha participação no blog Fora da Casinha. A primeira de muitas participações, assim espero! Espero que tenham gostado. Um beijo, pessoal!

20181216_151337

*MM – ” No meio da tarde nos despedimos de Canoa Quebrada e caímos na estrada novamente, rumo ao Rio Grande do Norte. Dormimos no pequeno município de Ipanguaçu, numa pousada.
Galinhos, seu lindo, logo chegamos por aí! ☀️🏖”

 

20181215_123125

20181215_142248

20181216_054548

20181215_143918

20181215_162509

4 comentários em “Morro Branco e Canoa Quebrada – Ceará- Brasil

  1. Amei, parabéns a vc Joce, ao legado que está deixando as meninas, conhecer o mundo dando valor aos lugares, as pessoas, as comidas por onde passam. A melhor herança que podemos deixar aos nossos filhos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s