Brasil · Casinha sob rodas

Lagoa do Bacupari – RS – Brasil

Dentro da proposta de aproveitar finais de semana e feriados para fazer passeios curtos e próximos a nossa residência, aliada à ideia de fugir da agitação do Carnaval – leia-se, praias lotadas, lugares badalados e cheios, congestionamentos no trânsito –  um mês antes dei inícios às pesquisas na net e troca de informações com amigos sobre destinos para curtir o feriadão numa vibe mais tranquila, na companhia do amore e de nossos filhotes.

Foi assim que, trocando mensagens com a The Best Perua prima Lu, guria sempre antenada nessa área, ela me sugeriu a Lagoa do Bacupari. Nunca ouviu falar? Eu também não, até que a Lu me desse notícia da existência dela.

À partir daí intensifiquei minhas pesquisas sobre o destino, apresentei minha proposta para o amore Lu que, como sempre na parceria, topou. Bora lá!

Consegui alguns contatos com campings lá na vila de Bacupari e reservei nossa estada. Fomos de Frida, nossa Casinha sobre Rodas. Levamos no bagageiro uma barraca, para dormirmos com mais espaço, eis que nossa turminha soma 6 pessoas. Além de, claro, Cora Coralina, nossa pet viajante.

20190301_174153
Cora, em um de seus inúmeros cochilos durante a viagem

Sobre a Lagoa do Bacupari (que muitos conhecem por Bacopari): Bacupari é distrito do município de Mostardas, região litorânea do Rio Grande do Sul, próximo ao limite com Palmares do Sul, a cerca de 125 quilômetros de Porto Alegre. Tem recebido um número crescente de visitantes ano a ano e se firma como novo ponto turístico da região. Nas últimas cinco temporadas, o local ganhou restaurantes, pousadas, campings e serviços como passeios motorizados entre as dunas ou, de barco, por todo o perímetro lagunar.

Fizemos a viagem até lá em duas etapas: pernoitamos em Porto Alegre, e na manhã seguinte, bem cedo, nos tocamos para Bacupari. Mesmo tendo pegado a estrada cedo, encaramos um pouco de trânsito engarrafado em alguns pontos da RS 040, após o município de Viamão. Em Capivari do Sul, na rótula, seguimos pela RSC-101 rumo ao Sul, em direção à Mostardas. A cerca de 45 quilômetros da rótula de Capivari, uma placa indicava o acesso para a Lagoa de Bacupari. Seguimos por essa estrada vicinal, em sua maior parte de paralelepípedo, por mais cinco quilômetros, até que chegamos ao nosso destino.

20190305_111852
Galerinha reunida

Preciso abrir um parêntese para contar da aventura que  foi entrar no hotel em Porto Alegre com Cora Coralina escondida, dentro da fronha de um travesseiro. Na verdade não tínhamos a informação exata sobre a admissibilidade de pets no local, mas antes de ouvir um NÃO! optamos pela clandestinidade, assegurando a companhia de Cora no quarto. Imagina ter que deixar a nossa amadinha passar a noite sozinha dentro da Frida? Nem pensar!

20190302_065110

Combinamos que uma das meninas chegaria na recepção abraçada a um travesseiro e rapidinho subiria para o quarto, com nossa pet inclusa, escondidinha. E não é que a danada não deu um pio! Melhor dizendo, não deu nem um latido… risos. Já no quarto, depois de farejar, de fazer um reconhecimento do local, se aninhou nos pés da cama e ali ficou, até de manhãzinha. Saiu da forma que entrou: sem ser notada. Muito discreta…

Para nossa hospedagem em Bacupari, optamos por ficar no Camping do Luisinho, pelo fato de ter acesso direto à Lagoa, depois de uma curta trilha. Escolhemos um lugar na sombra das árvores, próximo ao ponto de água e energia elétrica, fizemos as devidas conexões, abrimos o toldo, organizamos nossa varanda com mesas e cadeiras, e fomos almoçar num restaurante que nos foi indicado. Folga para os cozinheiros de plantão, eu e Lu, cansados da viagem e da montagem de nossas instalações. Na sequência fomos comprar alguns itens de alimentação e bebidas no supermercado, para garantir a comilança no feriado.

20190304_091920(0)
Lu pilotando o fogão: tapiocas de coco com leite condensado e de banana com Nutella

Passamos a tarde de molho, literalmente “de boas na lagoa”, com nossas cadeiras e guarda-sol instalados dentro d’água, assim como os demais banhistas. A diversão foi garantida com o stand up paddle que levamos conosco, empréstimo dos queridos tios Luís e Marla. Permanecemos por lá até depois do pôr do sol lindo com que fomos presenteados.

20190302_161352

20190302_173100

Depois da fila para os banhos nos chuveiros do camping jantamos, assistimos televisão, e cada um foi para sua cama, na Frida e na barraca (eu e Lu). Todo mundo cansado dos agitos do dia que começaram tão cedo.

20190303_191942

Nós curtimos a Lagoa do Bacupari por três dias inteiros. Fizemos a viagem para casa na Terça-feira de Carnaval. Enquanto estivemos lá curtimos bastante a água, jogamos vôlei com a meninada, caminhamos pela vila, brincamos com a Cora, preparamos refeições, churrascos, peixe frito, e outras gostosuras.

20190302_183026

20190302_184316

Sobre Cora Coralina, digo que, de “guria de apartamento” se converteu praticamente num cão selvagem durante o acampamento. Inicialmente a mantivemos presa na guia, com receio de que fugisse do lugar, que se perdesse ou fosse surrupiada. Mas cedemos a seus apelos e logo ela estava solta pelo gramado, interagindo com os campistas vizinhos, com as crianças e com outros cães. Se fartou de tanto roer ossos, sobras dos churrascos, que aconteciam na vizinhança. Cora amou o passeio, com certeza.

20190303_191920

Num final de tarde a levamos até na beira da lagoa. Foi muito engraçado seu primeiro contato com a água. Ela correu, pulou, se divertiu pra valer com a gente.

20190304_183102
Cora curtindo uma vibe selvagem

Cora trouxe de lembranças para casa algumas pulgas e carrapatos, mas nada que um bom banho e fiscalização rigorosa não resolvesse rapidinho.

20190306_143251
Após faxina, retornando à vida de pet de apartamento

Em uma manhã, bem cedinho, eu e o Lu deixamos a meninada dormindo e fomos caminhando até a Terceira Lagoa, uma lagoa de águas escuras, que fica na vila de Bacupari. Seguimos as orientações dos moradores por algumas ruas até a saída da vila, depois avançamos por uma estrada de areia, por cerca de meia hora, até que avistamos os pinheiros que circundam a lagoa e depois as altas dunas de areia.

20190304_063942
Caminhada ao alvorecer

20190304_064002

Circulamos por lá, fazendo fotos e admirando a linda paisagem da lagoa, contrastando com as dunas que terminavam dentro da água, os pinheiros verdes no entorno, o céu azul. Bem bonito mesmo!

20190304_071302

20190304_072215

20190304_072947

Decidimos voltar para o camping quando o sol já avançava no céu e começou a castigar. Chegamos na base suados e com as pernas cansadas.

Na entrada do vilarejo vimos estacionada uma carretinha com vários assentos, puxada por um trator, e fomos solicitar informações sobre passeios. O senhor que nos atendeu explicou que levava os turistas para um passeio pelas dunas, chegando até à praia. Adoramos a ideia e combinamos o passeio, o horário em que ele nos pegaria na recepção do camping, na parte da tarde.

Nossa alegria terminou quando concluímos que levamos um “bolo” do condutor da carretinha, que não apareceu para nos buscar. Ficamos um tempão esperando e ele não apareceu. Super chato, uma tremenda falta de profissionalismo. Eu acho que o passeio deve ser super bacana, com pôr do sol nas dunas e tal. Mas… fazer o que, né, não rolou.

20190304_175608

20190304_181957

Usamos todo o dia da Terça-Feira para a viagem de volta pra casa, com pit stop para almoço e para deixar os nossos meninos em casa. Quanto a mim e minhas garotas, chegamos ao nosso destino no finalzinho da tarde. Se valeu o passeio? Claro, sempre vale a pena! Afinal, estávamos todos juntos, nos divertimos e conhecemos um novo lugar. Simples assim.

20190304_183802
Pôr do sol no Bacupari
20190304_182529
In love na Lagoa

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s